Não liga

Noiada engole porra com platéia olhando e nem liga. Depois que a droga domina o corpo, nada mais importa. Não existe vergonha, inibição e sim a vontade incontrolável de usar a substância e para isso é preciso ter dinheiro. Dinheiro para quem não tem emprego é difícil então o jeito é fazer o que se pode e vender o que tem, o corpo. Desse jeito a maluquinha pôs a boca no pau do tio safado e chupou com vontade. Pouco tempo depois recebeu o primeiro jato de porra quente bem no céu da boca e depois os outros.
Noiada engole porra com platéia olhando

Noiada engole porra com platéia olhando

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*